Mesmo com alta em março, vendas de veículos no País despencam 17% no acumulado do primeiro trimestre

Nem promoções e lançamentos estão movimentando as revendas Reprodução/iCarros

O mercado brasileiro de veículos encerrou o primeiro trimestre de 2015 amargando uma queda de 17% nas vendas no período, confirmando a crise que se anunciou no fim de 2014 — e que se acentuou desde janeiro, com o retorno do IPI integral (Imposto sobre Produtos Industrializados) e o cenário de incertezas sobre a economia e a política.

Prova de que menos brasileiros estão comprando carros são os números de março: com mais dias úteis, as vendas de novos aumentaram 26,2% ante fevereiro, e quase empataram com o mesmo mês do ano passado — o recuo foi de apenas 2,54%. Mesmo assim, os licenciamentos despencaram no acumulado, conforme os números divulgados nesta quarta-feira (1º), pela Fenabrave (Federação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores).

Nos 22 dias úteis de março, foram vendidos 234.681 automóveis, comerciais leves, ônibus e caminhões em todo o País, mais do que os 185.947 licenciados nos 17 dias de fevereiro, porém menos do que os 240.793 emplacados durante os 18 dias úteis de março do ano passado. A diferença no número de dias de vendas se deu em razão de fevereiro ser normalmente mais curto que outros meses e do carnaval. Em 2014, os festejos caíram em março, enquanto, neste ano, foram realizados em fevereiro.

Se analisada a média diária de vendas, contudo, é possível eliminar o efeito do feriado e perceber que os números confirmam a tendência de retração do mercado automotivo nacional. Em março, foram emplacados, em média, 10,6 mil veículos, ritmo 20,2% menor do que as 13,3 mil unidades vendidas no mesmo mês do ano passado e 2,4% abaixo da média de fevereiro, de 10,9 mil automóveis, comerciais leves, ônibus e caminhões.

Segmentos

O segmento de pesados foi, em março, mais uma vez o que apresentou pior desempenho nas vendas: queda de 28,07% ante igual mês do ano passado, embora alta de 21,85% na margem. Com o resultado, ele acumula recuo de 32,91% no primeiro trimestre. Em março, foram vendidos 2.196 ônibus, queda de 23,19% ante igual mês de 2014, mas alta de 11,59% em relação a fevereiro. Já os emplacamentos de caminhões somaram 6.503 unidades, baixa de 29,58% na variação anual, porém avanço de 25,76% na comparação mensal.

As vendas de automóveis e comerciais leves, por sua vez, caíram 1,19% em março ante igual mês de 2014, mas avançaram 26,38% na margem. Com o resultado, acumulam queda de 16,23% nos três primeiros meses de 2015. No mês passado, foram emplacados 189.879 carros, recuo de 0,04% na variação anual, mas alta de 26,73% na comparação mensal. Já os licenciamentos de comerciais leves caíram 6,8% na variação anual e aumentaram 24,61% em relação a fevereiro, ao somarem 36.103 unidades.

Motos e implementos

Somando motocicletas, implementos rodoviários e outros veículos, o total de emplacamentos em março chegou a 371.860 unidades, o que corresponde a avanços de 28,14% ante fevereiro e de 1,81% ante um ano atrás. Com o resultado, as vendas totais do setor de distribuição de veículos (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários, máquinas agrícolas e outros, como carretinhas para transporte) acumulam queda de 15,04% no primeiro trimestre.

Leia mais notícias de Carros

GALERIA
Confira abaixo os 50 veículos mais vendidos do Brasil em 2014

Cadillac CT6 é o novo sedã topo de linha da General Motors

A Cadillac quer reviver sua glória do passado e apagar um recente deslize com seu novo modelo topo de linha, o Cadillac CT6. Além de inaugurar uma nova nomenclatura de modelos, o sedã de alto luxo busca atrair os ricos consumidores americanos da mesma maneira que seu avô Eldorado fazia antes da tríade alemã (BMW, … Continue reading

Mercedes GLA 250 chega ao Brasil por R$ 171.900

Seguindo os passos dos irmãos A e CLA, o crossover compacto GLA acaba de ganhar a variante 250. E são duas sub-variantes: GLA 250 Vision e GLA 250 Sport. Ambas estarão disponíveis nos concessionários da marca já a partir desse mês de abril e são o “meio do caminho” entre o GLA 200 e a … Continue reading

Porsche Boxster Spyder é esportivo voltado para diversão

Na geração anterior, o Porsche Boxster foi vendido também em uma versão chamada Spyder. Apesar de soar redundante, visto que o Boxster sempre foi um conversível e a palavra “Spyder”, quando aplicada a carros, normalmente se refere a modelos com teto retrátil, essa opção contava com modificações na carroceria para ficar mais leve e esportiva, … Continue reading

Não é 1º de abril: Honda Civic Concept aparece de surpresa

Rumores e flagras começaram a circular acerca da nova geração do Honda Civic. O modelo voltará a ter caráter global e múltiplas carrocerias como antigamente. Com produção concentrada na Europa e em países chave como o Brasil, o médio japonês terá carrocerias sedã, hatch, perua e cupê semelhantes visualmente entre si, como ocorria no Civic … Continue reading